sábado, 19 de abril de 2014

Doses da vacina contra a gripe começam a ser aplicadas após o feriado...


Após o feriado de Tiradentes, postos de saúde da Baixada Santista dão início à campanha de vacinação contra a gripe. Neste ano, o Ministério da Saúde ampliou a cobertura facilitando o acesso a crianças de 6 meses a até 5 anos.

Na edição passada, o público infantil se restringia à faixa etária de 6 meses a 2 anos. Em 2013, crianças com até 5 anos representaram 26% das internações por gripe.

Os demais grupos prioritários foram mantidos: pessoas com 60 anos ou mais, indígenas, profissionais da saúde, presos e funcionários do sistema prisional, grávidas, mulheres até 45 dias após o parto e pessoas com doenças crônicas.

Na região, assim como no restante do País, as doses começam a ser aplicadas já na terça-feira. Somente em Bertioga e Itanhaém, a campanha começará na quarta.

Em Bertioga, a meta para este ano é imunizar 13.278 pessoas. No ano passado, o Município superou a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde (7.168 doses) e conseguiu vacinar 7.295 pessoas. No Município serão montados 11 postos de vacinação, entre fixos e volantes. No sábado, dia 26, as doses também serão aplicadas no Centro de Saúde III, que está funcionando no Hospital de Bertioga.

Vale lembrar que pacientes acamados, isto é, que se encontram de cama em casa, enquadrados na faixa etária do grupo prioritário poderão receber a vacina em suas residências. Para isso, um responsável deve ligar na Vigilância Epidemológica: 3317-1731 ou 3317-6168 e informar nome, endereço, bairro, telefone celular e um ponto de referência para agendamento da vacinação, que pode ser feito durante todo o período da campanha.

Cubatão

No Município, a campanha se inicia no dia 22. A dose será aplicada em 21 postos fixos, que atenderão das 8h às 17 horas, e outros volantes, com horários específicos, para atender, principalmente, pacientes acamados.  
 
Neste caso, cuidadores não não incluídos no Programa de Atendimento Domiciliar (PAD) da Prefeitura podem contatar a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima do paciente para informar que têm interesse em receber a vacina em casa.

Guarujá

Guarujá não informou o número de vacinas que deverão ser aplicadas. Porém, no ano passado, mais de 50 mil pessoas, que integravam o público-alvo da campanha, receberam a dose.

Itanhaém

Assim como em Bertioga, na Cidade a vacinação começa na quarta-feira. Na mesma semana do início da campanha, no sábado, haverá o dia “D”, data dedicada à mobilização nacional em que as Unidades de Saúde da Família (USF) estarão atendendo especialmente para trabalhar a imunização contra os agentes causadores da doença. A meta da campanha é imunizar mais de 26,7 mil pessoas em todo o Município.  

Mongaguá

Em Mongaguá, as doses serão aplicadas no período de 22 de abril a 9 de maio. O atendimento será realizado nas Unidades de Saúde da Família (Pedreira, Vila Operária, Jardim Praia Grande, Jussara, Flórida Mirim e Jardim Primavera), de segunda a sexta-feira, das 8h às 16 horas. Já no dia 26 de abril, o “Dia D”, as unidades de saúde funcionarão das 8h às 16 horas.  
Praia Grande

Em Praia grande, a dose estará disponível nas 21 unidades de Saúde da Família (Usafas) e Multiclínicas, de segunda a sexta-eira, das 8h às 17 horas.  
A meta da campanha estipulada pelo Ministério da Saúde é vacinar 80% do público alvo. Em Praia Grande, de acordo com dados da Sesap, mais de 50 mil pessoas fazem parte dos grupos que deverão ser vacinados.  
Vale lembrar que idosos internados em instituições públicas e particulares do Município receberão a visita de volantes para vacinação. Já os pacientes acamados, que se enquadrem no público alvo da campanha, devem agendar visita de um agente de saúde que aplicará a vacina na Usafa mais próxima de sua residência.
Santos

Já em Santos, a meta do Ministério da Saúde é imunizar até o dia 9 de maio, no mínimo, 133.268 pessoas, o que equivale a 80% das pessoas dentro dos grupos prioritários.
Tem início na terça-feira (22) a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. A meta do Ministério da Saúde é imunizar até o dia 9 de maio cerca de 49,6 milhões de pessoas dentro dos grupos prioritários.

 São Vicente

Em São Vicente, além das doses disponibilizadas nos postos de saúde, pessoas acamadas poderão receber a vacina em casa. O agendamento deve ser feito até 9 de maio, no Departamento de Vigilância Epidemiológica (Deviepi), pelo telefone (13) 3569-5702.

Nome, idade, telefone para contato, endereço completo, nome do cuidador e motivo pelo qual a pessoa está acamada são informações que devem ser passadas no ato do agendamento.

*Peruíbe não divulgou as informações da campanha.

Sobre a doença 

A Influenza ou gripe é uma infecção viral que afeta o sistema respiratório, precisamente o nariz, garganta e brônquios. Ela pode ser transmitida de forma direta através das secreções das vias respiratórias de uma pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar.

De forma indireta a doença pode ser adquirida por meio das mãos, que ao entrarem em contato com locais recentemente contaminados, serem levadas aos olhos, nariz ou boca. A doença pode se apresentar em vários níveis sintomáticos, desde uma leve e curta duração, até formas graves e de quadros complicados.

A vacina contra a Influenza não deve ser administrada em pessoas com história de reação anafilática prévia ou alergia grave, relacionada ao ovo de galinha e seus derivados, assim como a qualquer componente da vacina ou pessoas que apresentaram reações anafiláticas graves após receberem doses anteriores.


Até mais.

Fonte: ATribuna.

Parmalat e Líder anunciam recall de 300 mil caixas de leite com formol...


O Ministério da Justiça afirmou que a LBR, responsável pelas empresas Parmalat e Líder, protocolou o pedido de recall de mais de 300 mil caixas de leite das duas marcas. Segundo o comunicado do ministério, foi detectada presença de formol na bebida.

A LBR afirma que a campanha de recolhimento teve início em 21 de março, com 101.220 unidades do leite UHT integral, de forma não sequencial dos lotes L11D00S1 a L11F23S1, produzidos na cidade de Guaratinguetá (SP) entre os dias 13 e 14 de fevereiro de 2014.

Da marca Líder, são 199.800 caixas do leite UHT integral, também produzidas em 13 e 14 de fevereiro, porém na fábrica de Lobato (PR). Os lotes afetados são A LOB 11, B LOB 9, C LOB 17, D LOB 04, A LOB 12, B LOB 19, C LOB 18 e D LOB 14.

A empresa informa que os produtos foram comercializados nos estados de São Paulo (Parmalat) e Paraná (Líder). Porém, em março, o Ministério Público gaúcho afirmou que o leite havia sido vendido no estado e o Procon de São Paulo notificou a LBR a se pronunciar, dizendo se havia risco para os consumidores.

Em nota, a LBR afirma que os produtos passaram por testes do Ministério da Agricultura, e não foram encontradas anormalidades. A LBR também coloca a disposição o telefone 0800-011-2222 para clientes tirarem dúvidas sobre a devolução e/ou troca dos produtos.


Até mais.

Fonte: ATribuna.

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Diabetes e Páscoa...

Achei muito interessante correlação entre DIABETES e PÁSCOA, publicado no site www.conversandocomopediatra.com.br da Sociendade Brasileira de Pediatria, leiam abaixo a matéria:

Diabetes Melito e Páscoa 

Departamento Científico de Endocrinologia

- O que é e o que significa a Páscoa? 
A Páscoa é uma festa que celebra a ressurreição de Jesus Cristo três dias depois de sua morte por crucificação. Para os cristãos, a Páscoa simboliza a passagem da morte para a vida. Ela é uma festa “móvel” que ocorre entre 22 de março e 24 de abril. A semana que antecede a Páscoa é chamada de Semana Santa que tem início no domingo de Ramos que celebra a entrada de Jesus na cidade de Jerusalém. Os 40 dias que antecedem a Semana Santa são chamados de Quaresma sendo dedicados aos preparativos da celebração da Páscoa. 
Em Português, a palavra Páscoa deriva do hebraico PessachPassover (que significa passagem)ou Páscoa Judaica que comemora o êxodo dos israelitas do Egito durante o reinado do faraó Ramsés II. 

- Qual é a origem da tradição do coelho da Páscoa? 
A origem da simbologia do coelho deve-se a sua grande capacidade de reprodução e fertilidade. Como Páscoa é sinônima de ressurreição e de renascimento, o os coelhos sendo um símbolo de fertilidade foram a ela associados.  

- Qual a origem da tradição dos ovos da Páscoa? 
O ovo simboliza vida e nascimento. Desde a Antiguidade que as pessoas costumam presentear amigos na época da Páscoa com ovos coloridos e ornamentados. Atualmente, os ovos são de chocolate e as pessoas são presenteadas com essas guloseimas no dia da Páscoa. 

- O que a Páscoa tem a ver com diabetes melito? 
Como os ovos de Páscoa são feitos de chocolate (isto é carboidratos e gorduras) e como as crianças, incluindo aquelas com diabetes melito, são presenteadas com muitos desses ovos no período da Páscoa, é importante que pediatras, endocrinologistas, pais e pacientes saibam que ovos escolher e como consumi-los para que a ingestão excessiva desses produtos não contribua para um descontrole da glicemia. 

- Os Quadros 1 a 6, trazem algumas informações importantes sobre Páscoa e Diabetes. 

Quadro 1. Informações falsas sobre Ovos de Páscoa.

1) O número utilizado na comercialização dos ovos de Páscoa reflete seu peso em gramas = FALSO 
- A numeração dos ovos em # 12, 15, 20, 21 e 23, refere-se apenas à altura do ovo em centímetros. Portanto, um ovo # 12 terá, teoricamente, 12 centímetros de altura. 
- Entretanto, existe uma grande discrepância no peso em gramas entre ovos com a mesma numeração. Por exemplo: 
- No. 12: 100 a 120 gramas 
- No. 15: 196 a 240 gramas 
- No. 20: 215 a 240 gramas 
- No. 21: 480 a 500 gramas 
- No. 23: 750 a 800 gramas 
- Portanto, escolha o ovo de Páscoa pelo peso e não pelo número.

Quadro 2. Informações falsas sobre Ovos de Páscoa Diet.
1) Ovos de Páscoa diet não contém açúcar = FALSO 
- Os ovos de Páscoa diet apenas não são acrescidos de açúcar no seu preparo. Porém, o açúcar está presente na matéria prima utilizada para sua fabricação. Ou seja: ovo diet contém açúcar. 
2) Exemplos de propagandas FALSAS veiculadas nos anúncios dos ovos diet: 
- “Páscoa saborosa sem açúcar” 
- “Uma opção interessante para quem não pode ingerir açúcar” 
- “Chocolate ao leite sem açúcar” 
- “Gostosura diet”

Quadro 3. Ovos de Páscoa Diet.
NomesPorção de 25 gramas
Carboidrato (g)Gordura total (g)Calorias (cal)
Nestlé
Classic Diet14,08,3119
Classic Zero8,27,694
Lacta
Chocolate ao leite diet15,07,0111
Garoto
Avelã diet12,010,0128
   
Quadro 4. Ovos de Páscoa Comuns.
NomesPorção de 25 gramas
Carboidrato (g)Gordura total (g)Calorias (cal)
NESTLÉ
Alpino dark9,79,60135
Classic ao leite15,07,1130
Crunch16,06,7128
Diplomata15,07,0130
Gold14,08,2137
Sensação16,07,8135
Sollys13,08,3137
LACTA
Bis15,07,0111
Chocolate ao leite15,07,1131
Diamante negro16,06,5128
Ouro branco15,06,8129
Sonho de valsa15,07,6134
Toblerone15,07,3132
GAROTO
Opereta16,07,3135
Serenata do amor15,07,8132
Talento avelãs15,07,2132
Quadro 5. Fatos sobre Ovos de Páscoa.
1) O ideal é que uma porção de 15 gramas de carboidrato tenha, no máximo, 5 gramas de gordura. 
2) Algumas vezes, os ovos diet têm menos carboidrato mas mais gordura, o que mantém os níveis de açúcar elevados por até 3-5 horas após a ingestão do ovo. 
3) As porções indicadas nos rótulos nutricionais dos ovos de Páscoa são descritas como sendo de 25 gramas. Isto significa, de maneira subjetiva, que essa quantidade de 25 gramas equivale a, mais ou menos, 3 quadrados de uma barra de chocolate. 
3) Uma porção de 25-30 gramas de ovo de Páscoa também equivale à quantidade de carboidratos e gordura presentes em: 1 fatia de pão francês (50 gramas) com um pouco de margarina ou manteiga. 
4) A leitura dos rótulos dos ovos de Páscoa é importante para conhecer suas informações nutricionais principalmente quantidade de carboidratos e gorduras. 
5) Não existe diferença significativa em termo de quantidade de carboidrato e gordura entre ovos de Páscoa comuns e diet, fora algumas exceções como no ovo Classic Zero (ver Quadro 3). 
6) Um ovo de Páscoa pequeno (No. 12), com um peso médio de 100 gramas e uma quantidade de calorias média de 130 calorias/25 gramas, terá uma quantidade total de 500 calorias, o que é excessivo se a pessoa com diabetes quiser consumi-lo, por exemplo, em 1 dia. 
7) Desse modo, a escolha do ovo de Páscoa deve levar em conta as informações acima. O seu consumo deve fazer parte do plano nutricional prescrito para cada pessoa, utilizando-o como sobremesa ou lanche em pequenas porções diárias. Por exemplo: comendo 30 gramas após uma refeição ou em substituição a um dos lanches.
  
Quadro 6. Dicas para uma Páscoa mais saudável e com alegria.

1) Dar apenas 1 ovo de Páscoa para cada criança da família. Se a criança ganhar vários ovos de Páscoa, guardá-los no freezer para consumo posterior ou dar alguns deles para outras crianças. 
2) Não deixar a criança comer todo o ovo em um dia – é muito calórico! Deixe para comer uma parte no domingo e divida o resto em pequenos pedaços para comer durante a semana, por exemplo, como sobremesa. 
3) Ler o rótulo do ovo de Páscoa para saber a quantidade de carboidratos. Fique atento, a quantidade escrita é para apenas uma pequena parte do ovo! 
4) Medir a glicemia antes de comer o ovo de Páscoa. 
5) Tomar insulina Rápida ou Ultrarrápida antes de comer o ovo de Páscoa, calculando a dose de acordo com orientação médica. Crianças acima de 7 anos – aproximadamente 1 U para cada 30 g de carboidratos (equivalente a uma barra de chocolate pequena). Em crianças pequenas, cuidado com a dose de insulina, para não causar hipoglicemia. Aumentar um pouco a dose de insulina se a glicemia já estiver alta antes do chocolate e diminuir um pouco a dose se a glicemia estiver baixa antes do chocolate. 
6) Medir a glicemia 2 horas depois de comer um pedaço do ovo de Páscoa, porque a glicemia pode se elevar algum tempo depois devido à gordura presente no ovo.

Até mais.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...