terça-feira, 19 de março de 2013

Jovens ingerem 15% das calorias diárias em refrigerantes e sucos industrializados...


De acordo com pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP), os adolescentes brasileiros estão abusando de refrigerante, sucos de caixinha e sucos em pó, além de ter uma dieta deficiente em bebidas saudáveis, como o leite. Os resultados foram publicados em março na revista BMC Public Health. O trabalho será apresentado dia 19 de março no Congresso Paulista de Pediatria e avaliou a ingestão de líquidos de 831 crianças e adolescentes de 3 a 17 anos em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre e Recife. Parte do estudo foi custeada pelo Danone Research, na França.

O estudo descobriu que, da infância à adolescência, o volume diário do consumo de bebidas açucaradas aumenta (de 420 ml para 780 ml), enquanto que o de leite e bebidas lácteas cai (de 510 ml para 320 ml). O consumo de água se mantém quase igual em todas as idades, constituindo cerca de 30% do volume total de líquido. Os autores também descobriram a quantidade de calorias ingeridas diariamente provinda de bebidas açucaradas. Entre adolescentes de 11 a 17 anos, 15% das calorias diárias provêm dessas bebidas. Para as crianças de sete a dez anos, essa taxa é de 12% e, para o grupo de quatro a seis anos, 8%.

Essas calorias em forma de bebidas açucaradas entre os sete e os 17 anos excede a recomendação da OMS (Organização Mundial da Saúde) de 10% de açúcares na dieta, incluindo alimentos sólidos. O artigo aponta ainda que os refrigerantes são a maior fonte de calorias de bebidas entre os adolescentes: são 207 por dia, equivalente a 10% do consumo total recomendado.

Segundo os cientistas, é preciso ensinar desde cedo que o consumo desse tipo de bebida não deve ser feito de forma deliberada, para matar a sede, e que o consumo de água deve ser aconselhado. A ingestão excessiva de bebidas açucaradas, combinada com outros maus hábitos, pode levar a problemas como obesidade infantil.

Proteja seu filho da obesidade infantil

Manter as crianças dentro de uma dieta saudável dá trabalho, principalmente quando elas adoram ir ao supermercado e ficam com olhos gulosos para cima das prateleiras de salgadinhos, doces e congelados. Segundo dados do Ministério da Saúde, uma em cada três crianças no Brasil está acima do peso, podendo chegar à obesidade (situação em que os quilos sobrando já são encarados como doença). "Educar o paladar das crianças é a melhor forma de evitar problemas com a balança na idade adulta", afirma a nutricionista Raquel Maranhão, da empresa BeSlim. Ela e outros especialistas listam uma série de guloseimas campeãs de popularidade entre a turma infantil, mas que devem ser consumidas com muita moderação.


Até mais.

Fonte: msn

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...