sábado, 6 de outubro de 2012

12 milhões de brasileirinhos obesos...


Atualmente, uma em cada três crianças na faixa de 5 a 9 anos está acima do peso ideal estabelecido pela OMS

Quase 12 milhões de crianças e adolescentes sofrem com excesso de peso no Brasil, segundo a Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (ABESO). Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatístico (IBGE) mostram que, atualmente, uma em cada três crianças na faixa de 5 a 9 anos está acima do peso ideal estabelecido pela Organização Mundial de Saúde. Isto é, hoje, quase 5 milhões de crianças enfrentam quadros de sobrepeso e obesidade.
Estima-se que 80% das crianças obesas aos cinco anos de idade permanecerão obesas ao longo da vida. Entre jovens, o cenário não é menos preocupante. São, pelo menos, mais 6,8 milhões de brasileiros com peso excedente.
Segundo informa a ABESO, a obesidade é uma doença crônica. Diferentemente dos adultos cujo cálculo da obesidade baseia-se no índice de massa corporal (IMC), a aferição da obesidade em crianças e adolescentes bem por base a idade, peso, altura e estágio de maturação sexual. Na infância e juventude, o excesso de peso torna-se porta de entrada para futuras patologias.
De acordo com a médica Rosana Radominski, presidente da ABESO, é na infância que os costumes são adquiridos, sejam eles bons ou ruins. " Os pais desempenham uma responsabilidade imensa no desenvolvimento nutricional dos filhos. Se desde a gestação é cultivada uma alimentação saudável rica em frutas, verduras, legumes, cereais, mantendo uma dieta de baixa caloria e a prática de atividades ao ar livre vai ajudar a criança a ter um crescimento adequado para as suas necessidades" .
O aumento da obesidade e da síndrome metabólica na infância tem aumentado paralelamente as modificações dos padrões de dieta e de atividade física. Apesar de serem o resultado do desequilíbrio de longa duração entre ingestão e gasto, a obesidade está associada a um complexo conjunto de determinantes que podem agir durante a gestação, na 1ª, ou 2ª, infância. E podem ser influenciados por outros fatores biológicos, genéticos como também fatores micro e macro ambientais.
Até mais.
Fonte: isaude.net

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...