terça-feira, 4 de setembro de 2012

Obesidade infantil faz aumentar casos de colelitíase ou coledocolitíase em crianças e adolescentes, publicado pelo Journal of Pediatric Gastroenterology & Nutrition ...


O objetivo do presente estudo foi investigar a associação entre a obesidade na infância e na adolescência, o risco de cálculos biliares e o efeito da modificação potencial do risco pelo uso de contraceptivos orais em meninas.
Neste estudo transversal de base populacional, peso e altura foram medidos, o uso de contraceptivo oral e o diagnóstico de colelitíase ou de coledocolitíase foram extraídos dos registros médicos eletrônicos de 510.816 pacientes com idades entre 10 a 19 anos.
Foram identificados 766 pacientes com cálculos biliares. As razões de chances de desenvolvimento de cálculos biliares, com intervalo de confiança de 95%, para peso normal ou abaixo do normal (referência), sobrepeso, obesidade moderada e obesidade extrema em meninos foram 1,00; 1,46 (0,94% -2,27%); 1,83 (1,17% -2,85 %) e 3,10 (1,99% -4,83%) e em meninas foram 1,00; 2,73 (2,18% -3,42%); 5,75 (4,62% -7,17%) e 7,71 (6,13% -9,71%), respectivamente (P para sexo × interação com a classe de peso <0 -2="-2" 1="1" 2="2" 95="95" a="a" as="as" associado="associado" biliares="biliares" c="c" categoria="categoria" chance="chance" chances="chances" com="com" confian="confian" contraceptivo="contraceptivo" contraceptivos="contraceptivos" contrapartes="contrapartes" da="da" de="de" do="do" entre="entre" foi="foi" intervalo="intervalo" lculos="lculos" maior="maior" meninas="meninas" mesma="mesma" n="n" o="o" orais.="orais." orais="orais" oral="oral" p="p" para="para" peso="peso" que="que" raz="raz" risco="risco" suas="suas" ter="ter" tiveram="tiveram" usaram="usaram" usavam="usavam" uso="uso">
Devido ao aumento da obesidade infantil extrema, os pediatras podem esperar encontrar um número crescente de crianças e adolescentes afetadas pela colelitíase ou coledocolitíase.

Até mais.

NEWS.MED.BR, 2012. Obesidade infantil faz aumentar casos de colelitíase ou coledocolitíase em crianças e adolescentes, publicado pelo Journal of Pediatric Gastroenterology & Nutrition. Disponível em: . Acesso em: 4 set. 2012.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...