segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Descoberta do papel da interleucina-6 sobre a perda de peso pode levar a novos tratamentos contra obesidade...


Pesquisadores da Universidade de Gotemburgo, na Suécia, identificaram uma molécula no sistema imunológico que afeta a fome e a saciedade. A descoberta pode levar a novos tratamentos para a obesidade.
A interleucina-6 é um mensageiro químico do sistema imune que desempenha um papel importante no combate à infecção. No entanto, pesquisas recentes têm mostrado que ela também pode provocar a perda de peso.
Agora, a equipe de pesquisa, liderada por Erik Schele investigou e conseguiu identificar os tipos específicos de células cerebrais que são direcionados pela molécula interleucina-6.
Os resultados mostram que as células que são afetadas pela interleucina-6 produzem substâncias que não só afetam a sensação de fome e saciedade, mas também controlam a capacidade do corpo de queimar gordura. "Interleucina-6 aumenta os níveis de substâncias no cérebro que desencadeiam a perda de peso, o que poderia explicar por que altos níveis dessa molécula levando ao emagrecimento", afirma Schele.
Sabe-se que os níveis de interleucina-6 no cérebro, normalmente baixos, aumentam dramaticamente durante uma infecção, normalmente acompanhada de fome reduzida e fadiga. "Nossa pesquisa indica que a interleucina-6 pode desempenhar um papel-chave na regulação do metabolismo de indivíduos saudáveis também", observa o pesquisador.
A equipe mostrou que ratos que carecem de IL-6 engordam, e que o metabolismo de ratos injetados com IL-6 diretamente no cérebro aumenta significativamente.
Embora não seja ainda totalmente compreendido como a interleucina-6 no cérebro afeta o peso corporal, os investigadores concluíram que qualquer pessoa cujo cérebro produza interleucina-6 em abundância está protegida contra o excesso de peso.
Até mais.


Fonte: isaude.net

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...