segunda-feira, 9 de julho de 2012

Hipotireoidismo - Uptodate 2012 ...

HIPOTIREOIDISMO:

É uma das causas mais comuns tratáveis de deficiência mental. A doença afeta 1:2000 a 1:4000 crianças nascidas, por isso a importância da realização do teste do pezinho.
O atraso no diagnóstico resultará em prejuízo das funções neurocognitivas (medida pelo quociente de inteligência - QI). Os primeiros 2 a 3 anos de vida, o cérebro necessita de hormônio tireoidiano e sua falta pode acarretar essas disfunções no futuro.
O tratamento de escolha é com LEVOTIROXINA (T4). Apesar do T3 ser biologicamente mais ativo a maioria do T3 utilizado pelo cérebro deriva da deiodinação do T4, não sendo necessário sua reposição. Não existe preparações líquidas de levotiroxina na Brasil e nos Estados Unidos, somente na Europa. Os comprimidos deverão ser triturados e misturados com um pouco de leite materno ou água e não devem ser misturados com fórmulas de soja, preparações contendo ferro, ou cálcio, pois reduzem a absorção do hormônio.
O objetivo do tratamento é deixar o T4livre próximo dos limites superiores da normalidade e o TSH nos limites inferiores da normalidade.O seguimento do tratamento de acordo com a Academia Americana de Pediatria, recomenda a dosagem de TSH e T4Livre da seguinte maneira:

  • com 2 e 4 semanas de início do tratamento.
  •  a cada 1-2 meses, durante os primeiros 6 meses de vida.
  • a cada 3-4 meses entre 6 meses e 3 anos de idade.
  • a cada 6-12 meses até que o crescimento esteja completo.
  • 2 semanas após qualquer alteração da dose.
  • em intervalos mais frequentes quando o cumprimento é questionado ou resultados anormais são obtidos.
Após 36 meses de idade, 38% das crianças diagnosticadas e tratadas para hipotireoidismo congênito, conseguem ficar sem a medicação, sendo sugerido um hipotireoidismo transitório.
Em geral, as crianças tratadas precocemente (2-6 semanas de vida) e de forma adequada durante os 3 primeiros anos de vida tem pontuação de QI semelhante as crianças normais.

Até mais.

Fonte: LaFranchi Stephen et cols. Treatment and prognosis of congenital hypothyroidism UptoDate Literature review current through: May 2012. | This topic last updated: Jan 3, 2012

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...