quarta-feira, 25 de julho de 2012

Caneta-agulha de 4mm é a mais segura para aplicação de insulina em crianças diabéticas...


Crianças que fazem uso de insulina injetável necessitam de orientações claras quanto ao comprimento adequado da agulha para elas. Um estudo aferiu a distância entre a superfície da pele e o músculo em crianças, a fim de se fazer a melhor escolha de agulhas. Foram acompanhadas 101 crianças com diabetes tipo 1, em três grupos conforme a idade: 2-6, 7-13 e 14-17 anos. 
A espessura da pele e do tecido subcutâneo (SC) foi medido por ultrassonografia em todos os locais de injeção. A espessura da pele variou de 1,58 mm no braço das crianças menores a 2,29 mm nas nádegas dos adolescentes. Valores diminuíram progressivamente com base na idade (2-6 < 7-13 < 14-17) e no local do corpo (braço < coxa < abdômen < nádegas). 
A distância entre superfície da pele e o músculo foi menor de 4 mm em cerca de 10% das crianças, especialmente no grupo de 2-6 anos. Neste grupo, a taxa de injeções intramusculares (IM) usando a caneta agulha de 4-mm sem pinçamento da pele seria de 20,2%. Essa taxa de injeções IM dobra quando utilizando a agulha de 5 mm, e, quando injeções são dadas em condições semelhantes, a taxa triplica quando utilizada a agulha de 6 mm.
Parece apropriado que todas as crianças utilizem agulhas curtas sempre que possível para minimizar injeções intramusculares inadvertidas que podem aumentar a variabilidade glicêmica. Atualmente, a agulha mais segura para todas as crianças parece ser a caneta agulha de 4 mm. 
No entanto, quando utilizada em crianças com idades entre 2-6 anos, deve ser feita sobre uma prega de pele.
O estufo foi publicado antecipadamente no web site da revista Pediatric Diabetes.

Até mais.

Fonte: Pediatric Diabetes, 2012. DOI: 10.1111/j.1399-5448.2012.00865.x

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...