segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Falta de "banho" de sol causa RAQUITISMO....

O Raquitismo nutricional (RN), falta de cálcio ou deficiência de vitamina D, ainda é a forma mais comum de doença do osso em crescimento, apesar dos esforços dos profissionais de saúde para reduzir a incidência da doença.

Hoje, é sabido que a etiologia da raquitismo nutricional varia de deficiência isolada de vitamina D a deficiência de cálcio isolado. Quase todos os casos resultam de raquitismo nutricional são decorrentes de deficiência isolada de vitamina D. Evidências recentes sugerem que, além de seus efeitos a curto ou a longo prazo sobre o desenvolvimento do esqueleto, a deficiência isolada de vitamina D durante a infância, pode predispor o paciente a doenças como a diabetes, câncer e a esclerose múltipla. Entre os fatores responsáveis pela alta prevalência da deficiência isolada de vitamina D em países em desenvolvimento e seu ressurgimento em países desenvolvidos é a limitação a exposição do solar devido a maior permanência dos indivíduos em casa (assistindo televisão e "trabalhando" no computador) e a falta de exposição ao sol intencionalmente por medo de câncer de pele. Algumas roupas (que cobrem todo o corpo exceto o rosto e mãos) limita ainda mais o tempo de exposição à luz solar e, assim, diminui a síntese endógena de vitamina D. O diagnóstico da raquitismo nutricional é estabelecido por uma história completa, exame físico e confirmado por exames laboratoriais. A exposição a luz solar ou a suplementação de vitamina D são necessários para otimizar a absorção de cálcio na dieta e para suprimir secreção excessiva do hormônio da paratireóide. Este tipo de prevenção também irá reduzir o risco de fratura, bem como evitar a longo prazo efeitos negativos da insuficiência de vitamina D.



Até mais.



Fonte: Ozkan, Behzat Nutricional Rickets-Review JCRPE volume 4 dezembro 2010

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...