segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Doença de Kawasaki...

É uma vasculite febril e que ataca em 80% das vezes, crianças abaixo de 5 anos.

O agente etiológico é desconhecido.

O diagnóstico é puramente clínico, na forma clássica, consistindo em:
  • FEBRE: em 95-99% dos casos, remitente, contínua, de 38-40ºC, por dias ou mais.
  • Alterações oculares: 88%, basicamente hiperemia, sem exsudato e bilateral.
  • Alterações da cavidade oral: 90%, lábios hiperemiados, ressecados, com fissuras e descamando.
  • Exantema polimorfo: 92%, a presença de bolhas praticamente exclui a doença.
  • Alterações nas extremidades: 88-94%, eritema palmar e plantar e/ou edema duro de extremidades que evoluem para descamação.
  • Linfadenopatia cervical aguda não supurativa: 50-75%, adenomegalia firme, não flutuante, dolorosa, com diâmetro entre 1,5-7cm.

Há necessidade de 5 dos 6 critérios, sendo que obrigatoriamente deve ter febre (por mais de 5 dias).

As principais complicações são: dilatação aneurismática, principalmente de coronárias, trombose, estenoses com quadro de infartos e morte súbita.

O tratamento consiste em : IMUNOGLOBULINA e AAS. Alguns casos podem dar corticóides em pulsos.

Até mais.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...