segunda-feira, 11 de maio de 2015

Vacina contra DENGUE...

Estudo publicado no NEJM 2015:


Eficácia de uma vacina tetravalente contra a dengue entre crianças da América Latina


Contexto: À luz do aumento na taxa de infecções pela dengue em todo o mundo a despeito das medidas de controle de vetores, diversos candidatos a vacinas estão em desenvolvimento.

Métodos: Em um estudo de eficácia, de fase III, de uma vacina tetravalente em cinco países da América Latina onde a dengue é endêmica, nós aleatorizamos crianças saudáveis com idade de nove a 16 anos, em uma razão de 2:1, para receberem três doses de vacina tetravalente com vírus vivo e atenuado (CYD-TDV) ou placebo, nos meses 0, 6 e 12, sob condições de mascaramento. As crianças foram, então, acompanhadas por 25 meses. O desfecho primário foi a eficácia da vacina contra dengue sintomática e confirmada virologicamente, independente do sorotipo e da gravidade, ocorrendo mais de 28 dias após a terceira dose.

Resultados: Um total de 20.869 crianças recebeu a vacina ou o placebo. Ao início, 79,4% de um subgrupo de imunogenicidade com 1.944 crianças apresentava soropositividade para um ou mais subtipos de dengue. Na população por-protocolo, ocorreram 176 casos de dengue confirmada por exame virológico (com um seguimento de 11.793 pessoas em risco-ano) no grupo da vacina, e 221 casos (com um seguimento de 5.809 pessoas em risco-ano) no grupo de comparação, levando a uma eficácia da vacina de 60,8% (IC95% 52,0-68,0). Na população por intenção-de-tratar (aqueles que receberam pelo menos uma dose), a eficácia da vacina foi de 64,7% (IC95% 58,7-69,8). A eficácia da vacina específica por sorotipo foi de 50,3% para o sorotipo 1, 74,0% para o sorotipo 3, e de 77,7% para o sorotipo 4. Entre os casos graves de dengue confirmada, um de 12 ocorreram no grupo da vacina, resultando em uma eficácia na análise por intenção-de-tratar de 95,5%. A eficácia da vacina contra hospitalizações por dengue foi de 80,3%. O perfil de segurança da vacina foi semelhante ao do placebo, sem diferenças nas taxas de eventos adversos.

Conclusões: A vacina CYD-TDC foi eficaz contra a dengue confirmada virologicamente e contra dengue grave, bem como levou a um número menor de hospitalizações por dengue, em cinco países da América Latina onde a dengue é endêmica.

Até mais.

Villar L, Dayan GH, Arredondo-García JL, et al

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...