quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Uso de antibióticos antes dos 6 meses de idade aumenta risco de excesso de peso...


O uso de antibióticos em crianças antes dos 6 meses de idade pode estar associado ao excesso de peso na infância, de acordo com pesquisadores da New York University, nos Estados Unidos.
O estudo constatou que, em média, as crianças expostas a antibióticos desde o nascimento até os 5 meses de idade pesaram mais para sua altura do que as crianças que não foram expostas aos medicamentos.
Entre as idades de 10 a 20 meses, essa exposição se traduziu em pequenos aumentos no percentual de massa corporal. Aos 38 meses de idade, as crianças expostas tinham uma probabilidade 22% maior de estar acima do peso.
"Micróbios em nossos intestinos podem desempenhar um papel crítico na forma como absorvemos calorias, e a exposição a antibióticos, especialmente no início da vida, pode matar as bactérias saudáveis que influenciam a forma como absorvemos os nutrientes em nossos corpos, e, de outra forma nos mantêm magros", afirma o líder da pesquisa Leonardo Trasande.
Segundo os pesquisadores, esta é a primeira vez que um estudo analisou a associação entre o uso de antibióticos cedo na vida e a massa corporal na infância.
Trasande e seus colegas avaliaram o uso de antibióticos entre 11.532 crianças nascidas no Reino Unido entre 1991 e 1992. Eles analisaram as crianças durante três períodos: do nascimento aos 5 meses de idade; de 6 meses a 14 meses, e, finalmente entre 15 e 23 meses. Eles também examinaram massa corporal ou o peso na sexta semana, e aos 10, 20, 38 e 7 anos de idade.
Os resultados mostraram que o uso de antibióticos só pareceu ter efeito em crianças muito jovens, dados desde o nascimento até os 5 meses de idade.
Segundo os pesquisadores, o estudo não prova que os antibióticos no início vida fazem com que as crianças tenham excesso de peso na infância. Ele mostra que existe uma correlação. "Outros estudos deverão ser realizados para explorar a questão de uma causalidade direta entre o medicamento e a obesidade", concluem os autores.
Até mais.
Fonte. isaude.net

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...