domingo, 3 de julho de 2011

Incidentaloma de Hipófise...

Algumas recomendações publicada no JCEM sobre INCIDENTALOMAS DE HIPÓFISE:


  • Todo paciente com incidentaloma de hipófise deve ser examinado sobre evidencia de hipopituitarismo ou hipersecreção hormonal.


  • Macroincidentalomas devem ser revistos em 6 meses com Ressonância Nuclear Magnética, os microincidentalomas devem ser revistos anualmente após o primeiro diagnóstico. Nos pacientes que não há crescimento do incidentaloma é recomendado a repetição da Ressonância em 1 ano para os macro e em 1-2 anos para os micro.


  • Não há necessidade de testes em pacientes com hipopituitarismo e microincidentalomas cujo quadro clínico, imagem radiológica e história não mudem ao longo do tempo.


  • É recomendado cirurgia para os incidentalomas que durante o seguimente apresentem: crescimento clinicamente significativo, perda de função endocrinológica, lesão no quiasma ótico e planos para engravidar, cefaléias que não melhoram.


DEFINIÇÃO:



  • Incidentaloma hipofisário é uma lesão não suspeita que foi descoberta incidentalmente por estudos de imagem sem sintomas específicos de hipopituitarismo, perda de visão ou clínica de aumento de hormônios, mas na investigação de cefaléia, ou dores de pescoço, ou sintomas neurológicos de cabeça ou pescoço ou por trauma craniano.


  • Por convenção, microincidentalomas são menores que 1 cm e os macro são maiores que 1 cm.
EPIDEMIOLOGIA:


  • Em estudos de autópsia foi visto que mais ou menos 10% dos pacientes tem incidentalomas.

EVOLUÇÃO:



  • O Objetivo do seguimento é monitorar a hipersecreção hormonal assim com a sua diminuição.

Fonte: Freda et al. Guidelines on Pituitary Incidentaloma. J Clin Endocrinol Metab, April 2011, 96(4):894-904.


Até mais.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...